Aflita

Aflitiva era a palavra que procurava. A situação em que se encontrava era aflitiva, sem mais delongas. Ela dissera a ele para não se apaixonar, para não esperar nada dela. Mas ele esperou! E esperou… Esperou… Esperou…

Anúncios

Desejos

Ali estava ele, segurando um bolinho de chocolate com uma vela acesa no topo, perguntando:

— E então? Faz um desejo. O que você quer?

Ela olhou para longe e pensou na vida.

Era uma menina que tinha pais incríveis e irmãos meio chatos, mas todos eles são. Tinha amigos maravilhosos, como ele que estava a sua frente. Estudava em uma escola boa por esforço próprio e tinha uma vaga idéia do que queria para o futuro. Pra que se preocupar com ele, um dia acontece e vira presente. De grego, às vezes, mas o importante era saber lidar com as conseqüências. Leia o resto deste post

Amorte

Ele a odiava.

Nem sempre fora assim, casaram-se, viveram 2 anos em clima de lua de mel. Depois vieram os filhos e o casamento descera, como uma bola de neve, morro abaixo. Nunca pensaram em divórcio “pelo bem das crianças”. Leia o resto deste post

O tempo e o homem

Ele nasceu no interior e nunca conheceu a mãe biológica. A infância não foi fácil, mas ninguém sabe muito a respeito. Somente que foi adotado por alguém que cuidou dele, deu-lhe um nome, uma casa e amor. Cresceu sem registro de nascimento. Era mais um brasileirinho dos muitos que ainda não se conhece existência. Leia o resto deste post

Bad day

Maggie acordou irritada. Sentia dores no corpo e na cabeça. Sua habitual calma não estava com ela hoje. Levantou-se, prendeu o cabelo em um coque meio solto e lavou o rosto. Leia o resto deste post

Maggie & Louise

Amor? O que era isso? Nunca sentira, nem fazia questão de sentir. O mais próximo que chegara disso foi nos tempos de internato, onde se afeiçoara a menina da cama ao lado. Eram amigas e haviam fugido várias vezes de seu dormitório para fumar escondidas em um dos jardins da escola. Riam de suas próprias piadas e flertavam com os rapazes nos raros passeios pelo vilarejo onde se encontrava o internato. Leia o resto deste post

Alada

Perdoem a qualidade da foto, mas precisava registrar isso… Leia o resto deste post

“Poser”


 Rubi e Ândria

Amiga poser é isso aí… Ainda aparece um maluco com uma câmera pra dar corda, acontece isso! xD

Olha lá no site as outras! Clica na foto que ela redireciona direto.

bjooks!

 

 

Atualizando o post…

Gentem, olham aí agora tem o slideshow do ensaio. aprendi palavrinha nova hoje! Mister Barbousa fez questão de me ensinar que isso aí não é um making of, já que ele não é o E! Channel e eu não tenho direito a um Behind the Scenes. OK! Ele não disse tudo isso, mas foi assim que eu recebi a idéia, certo?

Dêem uma fuçadinha lá porque é mais do que permitido e se quiserem curtir ou contratar nossos serviços, vocês sabem onde me encontrar… $$$$

Aj, é… Estou super de bom humor e treinando para futura carreira de publicitária e produtora… ;P

Beijooooos, amadinhos!

Maggie

Desde sempre fora responsável, madura pra idade que tinha. Aos 3 anos, lia escrevia e sabia matemática básica. Somar afazeres e diminuir criancices.

Criada num colégio interno para meninas, visitava os pais somente nas festas de fim de ano. As férias passavam na casa de campo, onde via seus progenitores sempre em meio a pessoas como eles, entre chás e licores. Esporadicamente, um beijo de boa-noite de seu pai, era o máximo que conseguia de afeto. Encolhia-se em sua cama, com sua boneca Suzanne e dormia encharcada em lágrimas. Leia o resto deste post

Orquestra Unisinos toca Clássicos do Cinema

Minha primeira experiência com eventos desse tipo. Achei bem difícil… Eu explico: o palco super iluminado e escuridão ao redor somados ao fato de que não se pode chegar muito perto dos músicos e não se pode passar na frente das pessoas. Além de me faltar técnica e não estar habituada com a Canon 50D, resultaram nisso. Quase 200 fotos e só se aproveita essa daí (que nem ficou tão boa assim). As outras ou ficaram sem foco, granularam, ou ainda “estouraram” (ficaram brancas demais ou amareladas).

– Bem vinda ao mundo fotográfico! – alguém me disse.

É, bem vinda! Mas um dia eu chego lá… 😀

 

P.S.: Só eu achei aquele músico da esquerda a cara do Marco Luque? ;D

Peixes pescadores

Feliz dia dos namorados... Er... Ahn... Atrasadinho!

Olhos vidrados em uma tela, coração e mente abertos. Ambos apaixonados por imagens, ela a buscá-las, ele a produzi-las. Ambos amantes das letras, ele homem de exemplos, ela mulher de metáforas. Vídeos pra cá, áudios pra lá. Pessoa indo, Neruda vindo. Florbela a ilustrar, Clarice a revidar. Leia o resto deste post

Presente

 

Meu presente de Dia dos Namorados chegou mais cedo. Tudo porque meu excelentíssimo, não se aguenta!

Então resolvi compartilhar com vocês o dom de me deixar boba que esse homem tem!

Fiquem com o meu Presente.